Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Há pouco tempo resolvi experimentar e inscrever-me na pagina STW Portugal, para tentar a minha sorte. E não é que fui seleccionada para uma campanha???? :D


Fui seleccionada para a campanha KNORR- Temperos em Pó 100% Ingredientes de Origem Natural de Legumes e Carne.
Recebi um conjunto de duas latinhas de knorr em pó, uns livros de receitas e uns vales para partilhar com quem quiser experimentar estes produtos da knorr!

Já uso os caldos knorr à muito tempo e desde pequena que vejo a minha mãe usa-los, mas ainda não me tinha virado para estes temperos em pó. Andava curiosa, posso confessar, ao ver os anúncios na tv e mesmo quando passava por eles no super... Mas não tive coragem de os levar comigo para casa... E se Maome não vá a montanha, a montanha vem até Maome!!! :D 

E cá está o Kit da Knorr prontinho para ser usado na desgraça da minha comida!!! :p

knorr1.jpg

knorr2.jpgknorr3.jpg

 

knorr4.jpg

knorr5.jpg

 

 

 

 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vou tentar fazer umas receitas bonitas para poder partilhar com vocês umas fotografias, mas não prometo pois não sou muito boa na cozinha... Se não conseguir partilhar imagens, partilho com certeza a minha opinião deste produto que certamente é tão bom como qualquer uma que já provei da marca Knorr!!! 

publicado às 10:09

Ao ler um pouco das vossas historias fico com o coração apertadinho...
Tanta vontade de adoptar e processos que levam imenso tempo... Parece que querem esgotar as pessoas pelo cansaço.. Imagino que estar a espera de um filho por adopção seja um pouco como estar a espera de engravidar... E o tempo da espera leva uma pessoa a loucura... Vêem medos, e exames médicos e tentativas frustradas atrás de tentativas frustradas, passam meses e muitas vezes anos e nada de se ver a sementinha plantada...
Aqui é a espera de uma carta, a espera de serem chamados, de saber se eles acham que realmente existem condições para o casal receber um novo elemento em sua casa e depois... Depois do casal ser aprovado vem o que? Por que tanta espera? Dizem que há tanta criança para adoptar, tanta criança a precisar de um lar... Porque tanto tempo??
Falo só de ler os vossos testemunhos.. Não de experiência própria...
Adorava poder adoptar, tenho uma filha biológica pequenina, mas há muitos anos que dentro do meu coração existe a vontade de poder ajudar uma criança...
Mas pelo que li acho que nem sequer iríamos ser aprovados... Não temos ordenados bons.. Somos uma casal que vive com os mínimos, mas vive, mas somos felizes... Mas acho que isso não conta... Temos casa, comida e roupa lavada para partilhar... Mas acho que isso não chega... Temos amor, carinho, educação para dar, mas acho que isso não é o suficiente...
E o tempo de espera, e o não ser monetariamente rica deixa o meu coração triste... Deixa a minha alma mais pequena... Porque eu gostava muito de o poder fazer....
Mas mesmo percebendo que tem de haver uma investigação e que isso leva o seu tempo até as coisas serem aprovadas... Acho que é tempo de mais... Tempo de mais que leva as crianças a passarem ainda mais tempo em lares, tempo de mais para o coração dos pais que sofrem na expectativa de saberem se poderão ou não ver esse seu sonho e vontade concretizado...
E no fim de tudo... No fim deste tempo todo de espera... Receberem um valente não??? Quem está a espera de receber um Não??? Que coração aguenta um Não?
O meu não iria aguentar um NÃO.... Não depois de esperar o que parece ser uma eternidade... Quando esperamos a esperança também aumenta... Porque se pensa: "Não nos vão deixar tanto tempo a espera para depois sermos recusados..." Por muito que tenhamos noção que pode chegar o Não, a vontade do coração luta pelo contrario.. E o meu coração não aguentaria um Não...
E por isso não tenho coragem sequer de pensar em avançar...
E por isso venho dizer que o meu coração está com todos vocês que lutam nesta eterna espera... Para serem pais, para terem a vossa alegria, e que este tempo de espera seja mínimo....
Desculpem o testamento... Mas há muito que eu precisava de demonstrar o meu apoio e a minha solidariedade perante esta espera... Que até a mim me dói...

publicado às 12:16


Hora de ponta... É tão bommmm!!! :p

por Filipa Oliveira, em 11.04.17

 Eu já falei da minha experiência diária de metro em hora de ponta... 

Pois é que já não chegava uma pessoa não ter espaço para descansar a vista depois de um dia de trabalho, que agora para onde quer que olhe anda tudo ligado aos telemóveis!!!
Eu não sou contra, de vez em quando também pertenço a esse grupo, mas só quando consigo ter as duas mão livres, quando estou com paciência ou para me acelerar a chegada da ultima estação de metro!!! :D 
Mas fica difícil... Não queremos encarar as pessoas para que não pensem que os estamos a mirar ou mesmo a galar lol E agora não queremos ter tendência para deitar o olho para o telemóvel alheio.... Em que em situações de metro cheio é quase impossível... As vezes só me apetece olhar para o tecto do metro... Mas ai... Bem aí n ia passar por coscuvilheira... ia passar por maluca! lol 
Quando o olho bate num telemóvel e vejo que estão a jogar um joguinho, tenho de confessar que não resisto e dou uma espreitadela bemmmm lonnnggggaaaaa. Fico entretida a ver o senhor passageiro a jogar o seu joguito e tbm me ajuda a passar o tmp ! lol Mas e quando é uma msg? Ou uma conversa de chat? Ou sei la, qq coisa pessoal? Fico mm sem saber o que fazer... 
Ai vida de probreeeeeeee!!!!! Já não faltava andarmos enlatados, tal sardinhas em lata, como nem sequer conseguimos descansar a vista descansados... 

publicado às 16:39

 Como dar um comprimido a um gato:

1 - Pegue o gatinho e o aninhe no seu braço esquerdo, como se segurasse um bebé. Coloque o indicador e o polegar da mão direita nos dois lados da boquinha do bichano e aplique uma suave pressão nas bochechas, enquanto segura o comprimido na palma da mão. Quando o amorzinho abrir a boca, atire o comprimido lá dentro. Deixe-o fechar a boquita e engolir.

2 - Recupere o comprimido do chão e o gato de detrás do sofá. Aninhe o gato no braço esquerdo e repita o processo.

3 - Vá buscar o gato no quarto e jogue fora o comprimido meio desfeito.

4 - Retire um novo comprimido da embalagem, aninhe o gato no seu braço enquanto segura firmemente suas patas traseiras com a mão esquerda.
Obrigue o gato a abrir as mandíbulas e empurre o comprimido com o indicador direito até o fundo da boca. Mantenha a boca do gato fechada enquanto conta até dez.

5 - Recupere o comprimido de dentro do aquário e o gato de cima do armário. Chame seu marido no jardim.

6 - Ajoelhe-se no chão com o gato firmemente preso entre os joelhos, segure as patas da frente e de trás. Ignore os rosnados baixos emitidos pelo gato. Peça a seu marido que segure firmemente a cabeça do gato com uma mão enquanto força a ponta de uma régua para dentro da boca do gato com a outra mão. Deixe cair o comprimindo ao longo da régua e esfregue vigorosamente o pescoço do gato.

7 - Vá buscar o gato do suporte da cortina e retire outro comprimido da embalagem. Tome nota para comprar outra régua e reparar as cortinas. Cuidadosamente, varra os cacos das estatuetas e dos vasos do meio da terra e guarde-os para colar mais tarde.

8 - Enrole o gato numa toalha grande e peça a seu marido para se deitar por cima de forma que apenas a cabeça do gato apareça por debaixo do sovaco. Coloque o comprimido na ponta de um canudinho, obrigue o gato a abrir a boca e mantenha-a aberta com um lápis.
Assopre o comprimido do canudinho para dentro da boca do gato.

9 - Leia a literatura inclusa na embalagem para verificar se o comprimido faz mal a humanos, beba uma cerveja para retirar o gosto da boca. Faça um curativo no antebraço do seu marido e remova as manchas de sangue do carpete com o auxilio de água fria e sabão.

10 - Retire o gato do quintal do vizinho. Vá buscar outro comprimido.
Abra outra cerveja. Coloque o gato dentro do armário e feche a porta até o pescoço, de forma que apenas a cabeça fique de fora. Force a abertura da boca do gato com uma colher de sobremesa. Utilize um elástico como estilingue para atirar o comprimido pela garganta do gato.

11 - Vá buscar uma chave de fendas na garagem e coloque a porta do armário de novo nos eixos. Beba a cerveja. Vá buscar uma garrafa de whisky. Encha um copo e beba. Aplique uma compressa fria na bochecha e
verifique a data de quando tomou a última vacina contra tétano.
Aplique compressas de whisky na bochecha para desinfectar. Beba mais um copo. Atire a camiseta fora e vá buscar uma nova no quarto.

12 - Telefone para os bombeiros para virem retirar a droga do gato de cima da árvore, do outro lado da rua. Peça desculpas ao vizinho, que se estabacou contra a vedação enquanto tentava se desviar do gato em fuga. Retire o último comprimido de dentro da embalagem.

13 - Amarre as patas da frente às patas de trás da porcaria do gato com a mangueira do jardim e, em seguida, prenda firmemente à perna da mesa da sala de jantar. Vá buscar as luvas de couro para trabalhos na garagem. Empurre o comprimido para dentro da boca da besta, seguido de um grande pedaço de carne. Seja suficientemente bruto, segure a cabeça do corno na vertical e despeje um litro de água pela goela abaixo para que o comprimido desça.

14 - Beba o restante do whisky. Peça a seu marido que a conduza ao hospital e se sente bem quieto enquanto o médico costura seus dedos e o antebraço e remove os restos do comprimido de dentro do seu olho direito. A caminho de casa, contacte a loja de móveis para encomendar uma nova mesa de jantar.

15 - Faça de tudo para que a sociedade protectora dos animais venha buscar o gato mutante fugido do inferno. Telefone para a loja de animais e pergunte se eles têm tartaruguinhas...

 

 



 

publicado às 09:34


Dizem ser a altura certa, mas será?

por Filipa Oliveira, em 06.04.17

Eu antes de querer ser mãe ( antes de chegar aquele dia em que dizemos quero ser mãe) eu dizia que só depois dos quarenta e e... lol Não tinha grande vontade de ter filhos e nem pensava nisso, só quando me chateavam a cabeça com isso!
Chegou uma altura em que senti que o dia tinha chegado, tinha vontade de ter um bebe, olhava as roupinhas e os sapatinhos e os bebes na rua e queria um para mim lol Antes de dizer seja o que for ao marido ele disse primeiro e decidimos avançar! Antes da minha filha nascer já me perguntavam se iria pensar em ter outro, porque filhos únicos ficam sozinhos, e os filhos únicos diziam que sempre sonharam em ter irmão e que não devia ficar só com um... E eu dizia, deixem vir este e logo se vê...
Tive a minha filha aos 32 anos e nesse dia nasceu uma mãe... Uma mãe que passado pouco tempo já tinha vontade de ter um segundo, uma mãe que pensou em como era possível não o ter feito antes...
Neste momento vou a caminho dos 34 e a minha filha a caminho dos 2 anos e por muita vontade que tenha não sei quando vou ter o segundo...
E a idade já começa a avançar e o tempo começa a apertar...
O que quero dizer com isto? Se calhar hoje penso que poderia ter sido mãe mais cedo.... Só porque o tempo não para e passa a correr!

publicado às 15:10


Produtos usados...

por Filipa Oliveira, em 13.02.17

Eu não sou esquisita nestas coisas, e se tem bom aspecto e ainda por cima da para poupar uns trocos eu alinho! 
Comprei muita coisa para a minha filha usado, desde mobília, roupa (oferecida), cadeira da papa, cadeira auto e carrinho de passeio, andarilho, etc e tal...
E  sábado fui conhecer uma lojinha que gostei muito! 
Estavam com uma campanha muito interessante e se já andava para ir ver a loja, esta campanha fez-me mesmo ir lá neste fim de semana. A campanha chama-se "Enche 1 Saco" e basicamente eles teem dois sacos com diferentes tamanhos, um no valor de 20€ e outro um pouco maior no valor de 25€. Com os produtos devidamente marcados, podemos encher o saco até não se poder mais e só pagamos o valor do saco escolhido!
Eu por exemplo enchi um saco com roupa e calçado, fui para a caixa, a senhora fez a conta de disse: " O valor da compra é de 94€ e só vai pagar 20€!"
Não é espectacular???? Trouxe vestidinhos de inverno e verão, camisolas de manga comprida e manga curta, calcinhas tipo leggings, vestidinhos de ganga, saias, calções, dois pares de pantufas...
E mesmo as roupinhas e brinquedos que estão fora desta campanha teem muito bom aspecto e preços muito bons! E não é tudo usado, eles também vendem material novo!
De certo irei passar por la outro dia, e ficarei a espera de outra campanha destas para vir novamente de saco cheio!!!! :D
E agora devem estar a pensar: " Mulher diz lá o nome da loja!!!!"
A loja que estou a falar é a Kid to Kid de telheiras ( existe noutros locais ), eu gostei e recomendo!!! 

 

 

publicado às 11:27


Cereais Puff!

por Filipa Oliveira, em 09.02.17

puff.jpg
Foi dia de repor o stock la de casa destes cereais puff! A pequena adoraaaaaa isto! Dou-lhe os cereais para comer tipo pipocas, ou misturo também no lanche com fruta ou iogurte.
São cereais muito ricos em ferro, fibra, proteínas e o mais importante sem adição de açúcar!
Pessoalmente acho que isto não sabe a nada lol Tem mesmo aquele gosto de comida de dieta, mas a minha filha adoraaaaaa e prefere estes cereais a uma bolacha. Assim que a sento na cadeira da papa ela aponta logo para o pacote de cereais! :D
Experimentem e vão ver que é sucesso, principalmente nos bebes que ainda não conhecem os cereais "normais" que estão cheios de açúcar! E vão ganhar aqui um belo petisco para eles aconchegarem a barriguinha entre refeições, ou para um lanche diferente, ou até mesmo enquanto esperam pelo almoço/jantar como é muitas vezes o caso lá em casa! :)

 

publicado às 14:21


O barrigão!

por Filipa Oliveira, em 07.02.17

Desde pequeninas que ouvimos falar da gravidez, de como é uma coisa linda e magnifica, como é maravilhoso o barrigão... O que nunca nos dizem é que não é tudo rosas, e mesmo as rosas teem espinhos!

Não fui das gravidas que passou muito mal, muito pelo contrario a minha gravidez foi mesmo muito calma! Não tive enjoos, não tive muita azia, e até posso dizer que dormia bem, só mesmo as hormonas avariadas e as pernas cansadas e inchadas.

Sempre que me imaginava gravida, imaginava com aqueles barrigões que nunca mais acabam de grandes, a passear de barrigão empinado toda vaidosa... Mas hoje agradeço por não ter feito uma barriga muito grande... Porque o peso meninas.... o peso deu cabo das minhas pernas e das minhas forças!

A sensação de sentir um pequeno ser dentro de nos é maravilhosa e ao mesmo tempo estranha lol Afinal esta a crescer uma mini pessoa na nossa barriga lol mas é maioritariamente maravilhosa!

O ver o barrigão crescer dia para dia e saber que o nosso feijão está cada vez maior... Mas depois temos a ansiedade da espera das consultas para ver se esta tudo bem, são dias que parecem que nunca mais passam, que parece que nunca mais chegam... Tentava pensar que estava tudo bem, mas com o chegar do dia das consultas o nervoso miudinho aumentava e só passava quando via a feijoquinha a mexer, quando ouvia o seu coração a bater.

E a primeira vez que ouvimos o coração a bater? A primeira vez que realmente nos dizem, sim está aqui a vossa feijoca! Ahhhh como chorei de alivio quando ouvi esse coraçãozinho a bater, os nervos, de ter certeza que realmente estava bem, eram imensos no dia da consulta e rebentaram completamente quando ouvi aquele tum tum tum tum tum e chorei feita uma Madalena perdida!

E quando chega o momento de saber o sexo?

A grande maioria tem "preferências" e imagina o que gostava que viesse ( sim eu sei que o importante é a saúde seja o que for que venha ) e nos queríamos muito um menino!

Até esse dia muita gente da a sua opinião e chegaram mesmo a fazer apostas! lol

Chega o dia e o medico diz sem espinhas e sem demoras: " É uma menina!" e vem um misto de alegria e tristeza e medooooo, muito medoooo ( não sou minimamente mulher de coisas cor de rosa, mas isso é conversa para outro dia ) lol. O pai confessa que ficou um pouco triste no dia da novidade, mas aos poucos foi-se adaptando á ideia e foi descobrindo o mundo cor de rosa lol

O que eu senti acho que não posso chamar de tristeza, fiquei contente mas vinha ai uma menina e ia ser um verdadeiro desafio para mim! Que venha esse mundo cor de rosa!!! :D

O 1º e 2º trimestre até passaram bem, muito cansaço porque o corpo não estava habituado ao aumento do peso, mas o 3º trimestre já custou mais, as penas pareciam trambolhos de tão inchadas e o peso aumentava cada vez mais, e elas já pediam que o fim chegasse rápido!

Muitas não querem ficar sem o barrigão, querem ter sempre mais um bocadinho ali a sementinha protegida e quentinha... Eu não via a hora de aliviar aquele peso! E mais importante ter a minha menina nos braços, claroooo!!! Mas o peso, as pernas inchadas, o cansaço estava a dar cabo de mim!!!

E o dia chegou, e correu tudo lindamente... Muitas dores, mas um alivio enorme quando agarrei a minha menina nos braços, um alivio enorme quando perdi aquele peso das pernas... Depois vieram outros senãos, mas isso fica também para outra altura!! :)

Se tenho saudades do barrigão???

NÃO!!! Não tenho saudades do barrigão!! Tenho saudades de sentir a feijoca a mexer, mas não tenho saudades do barrigão!

Mas repetia tudo novamente!!! Verdade que faria tudo novamente e se tudo correr bem, um dia tudo virá novamente e só rezo para que seja tal e qual como foi desta vez!!!

publicado às 17:42


Tenho sonoooooo!!!!

por Filipa Oliveira, em 07.02.17

E hoje a minha filha decidiu que já tinha dormido tudo á 1h e tal da manhã e teimava em querer levantar-se!!!
Como acordou a choramingar ainda pensei que fosse alguma dorzita, até que percebi que não lhe doía nada e simplesmente ela queria ficar acordada!!!!
Já vos aconteceu acordarem a meio da noite e sentirem que dormiram horaaaaasssssss e afinal ainda faltam horaaaassssss para se levantarem?
Pois é! Nos ficamos todos contentes porque ainda temos tempo para descansar mais um pouco... Mas para um bebe deve ser confuso e imagino que tenha sido o que aconteceu com a minha piolha... Mas e quem paga as favas???  Aqui a mãezinha que está com uma moca desgraçada de cansaço nas pestanas, que teimam em não querer ficar abertas e funcionais... Já tinha ouvido rumores de que nunca mais iria dormir como deve ser... Mas... TENHO TANTO SONOOOOO!!!!! 

publicado às 14:02


Um sonho que durou pouco tempo!

por Filipa Oliveira, em 06.02.17

 

Como vos disse a lojinha de personalizações fechou!

Ser "pobre" neste país não é muito fácil para quem quer ter um negocio!

Ou se arrisca e se pede um credito, com o risco de ficar sem loja e continuar a ter dividas para pagar ou com muito sacrifício se junta algum dinheirinho e se tenta a sorte.

E foi assim que aconteceu, uns tempos a juntar dinheiro para despesas iniciais e também para ter algum no banco para depois de abrir o estabelecimento. Mas ou se passa uma vida a juntar dinheiro e se tenta o sonho já velhos e corcundas, para se ter uma boa conta bancaria, ou esse valor é mesmo quase a risca.

Procurar loja minimamente bem localizada e com uma renda que dê para os bolsos mais pobres, arranjar a loja, colocar os materiais, abrir luz, agua, programa de facturação, multibanco, pagar para ter musica ambiente, contabilista, hum... provavelmente terei esquecido de mais qualquer coisa que foi preciso para estar completamente funcional...

Loja pronta, tudo pago, já com uma conta pobreeeeeeeee e vamos la abrir portas!

Que maravilha, as coisas até estão a correr bem, as pessoas estão a adorar os produtos e a ideia de ter uma loja destas perto de casa, umas fardas personalizadas para os cafés vizinhos e parece mesmo que o pobre pode ter pernas para andar...

Mas... Há sempre um mas não é?

A novidade acaba!

Os vizinhos não vão comprar todos os dias prendas para os familiares, as fardas dos cafés ainda estão novas e agora? Agora chegou o momento parado da despesa!

Apesar das coisas até terem começado bem, não se fez fortunas, e depois de todas as contas pagas e reposto o stock a conta continua muito pobrezinha e agora vamos aguentar estes momentos parados?

Gastou-se mais um pouco para se apostar em publicidade, tentar chegar a um povo mais distante, esperou-se mais um pouco mas a conta estava cada vez mais depenada... Agora o que se ganhava já não cobria as despesas que se tem de pagar...

Chegou a hora de fechar antes que não se tenha capacidades de pagar estas despesas que não param á espera dos clientes...

Se é algo que até podia ter pernas para andar? Sim, ainda acreditamos que sim! Mas o problema é que o "pobre" tem as pernas muito curtas e não consegue andar muito...

Já tínhamos noção que as coisas não iam ser fáceis, já tínhamos noção que iriam haver meses mais fracos, mas havia a esperança de se conseguir levantar voo...

Tenho muita pena que não se tenha mais facilidades para o pequeno comerciante, para os jovens conseguirem lançar o seu sonho! E não falo em créditos, não falo em dinheiro fácil... Falo em menos impostos, que em vez de termos de pensar que temos de tirar x% para os impostos ( que é uma brutalidade), x % para pagar as despesas fixas, Ivas, contabilidades e sei la mais o que... no fim não sobra quase nadaaaa... Não sei... Era bom que fosse um pouco mais fácil realizar um sonho! :)

E pronto foi isto...

Talvez quando formos velhos e corcundas voltemos a tentar já de contas recheadas ( ou não... )!

publicado às 17:47


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

subscrever feeds